domingo, junho 02, 2013

Saudades

Pouco depois da Alice ter ido para a incubadora eu vivi a minha experiência Twillight: comecei por sentir uma dor forte nas omoplatas (coisa que não me lembro que me tenha acontecido com o Henrique) e,a dada altura, quando me ia deitar, simplesmente bloqueei de dor e deixei de conseguir respirar. Uma cena verdadeiramente horrivel, desesperante. A sala cheia de visitas. Eu a não querer impressionar as outras mães mas, ao mesmo tempo, a morrer de dores... A sala sem cortinas (assunto que merece um post), as enfermeiras que nunca mais apareciam, eu a não conseguir explicar exactamente o que estava a sentir.
Resultado, depois de exames, análises e muitas visitas médicas fica a suspeita de ter havido uma punção da dura mater... Não é uma coisa porreira de se sentir, mas não há nada a fazer: é uma das complicações possíveis com uma epidural que implica estar deitada pelo menos 24 horas. Quer isto dizer que estou ha mais de 36 horas sem ver a Alice.
O pai já tratou mais dela do que eu. Ja lhe deu biberão, mudou a fralda... O mano ja lhe tocou... A avó já se derreteu a olhar para ela e a adivinhar parecenças comigo (que eu não vejo). Eles são, neste momento, as únicas pessoas que a podem ver. São os meus olhos...
Que saudades... Não vejo a hora de ter a minha mão na dela... Assim, como o pai
Talvez seja hoje.

4 comentários:

Brown Eyes disse...

Força...decerto estará quase. Um beijinho para si.

Helena Santos disse...

Devia ser proibido pelas leis da natureza...um beijinho e força, é por uma boa causa.

Anónimo disse...

muitos parabéns! merece pela coragem e pelo doce que nos mostrou!

Helena Barreta disse...

Que ternura. Faço votos para que já tenha a Alice nas mãos.

Muitas felicidades.

Um beijinho