quinta-feira, setembro 17, 2009

morte de um ídolo

Não vos sei dizer quantas vezes vi esta cena, nem quantas vezes desejei que este senhor, mesmo a coxear, me viesse buscar para dançar. Acho até que cheguei a saber todos os passos e as falas do filme.
Piroso, bem sei, mas o Patrick Swayze e o Dirty Dancing marcaram a minha adolescência. E não consigo deixar de ficar triste quando penso na forma como morreu

2 comentários:

cristinar disse...

Ele não foi bem um ídolo, já tinha o meu coraçãozinho de teenager ocupadito, mas havia ali qualquer coisa... que ficou estes anos todos.

E sim. Triste...

Nina disse...

Dirty dancing, é o meu filme favorito, adoro-O, dou por mim a ver vezes sem conta este video, simplesmente adoro. Quando soube da noticia, fiquei em baixo...maldito cancro