quarta-feira, fevereiro 04, 2009

Oficialmente à procura de empregada

Pois é, a minha Chica revelou-se falível. Ontem, ao fim de mais um dia sem me dar cavaco, decidi enviar-lhe uma sms a perguntar se ela achava normal o que estava a acontecer. E foi só assim que, às 7 da tarde, a minha empregada se dignou a entrar em contacto comigo para me dizer, com o ar mais natural do mundo, que estava de baixa. E que tal avisar-me antes? E que tal enviar um Call me? O que me revolta em toda esta situação, é o desprendimento com que as pessoas fazem as coisas, como se não tivesse gravidade nenhuma, como se tudo se resumisse a direitos e nunca a deveres. "Acho melhor falarmos na segunda-feira", disse-me ela para terminar a conversa. E naquele momento, sem um pedido de desculpas, sem um "isto nunca mais volta a acontecer", sem um "eu vou amanhã a sua casa para conversarmos", percebi que algo na minha vida vai mudar drasticamente. A começar pela empregada.

4 comentários:

Anónimo disse...

Pois é, com tanta gente no desemprego, o difícil mesmo é arranjar alguém de Confiança... Boa sorte, com certeza há-de aparecer esse alguém...
Andreia R

Mnemósine disse...

É uma chatice para arranjar alguém em quem se possa confiar mas pelo menos não tens mais surpresas.

Miss Kitty disse...

Depois queixam-se que não arranjam emprego... enfim!

BJS*

mena disse...

se quiseres arriecar uma incursão no universo das empregadas russas/ucranianas/moldavas, eu tenho uns contactos fixes :)