terça-feira, fevereiro 06, 2007

Confronto

Hoje fiz questão de atravessar a rua para passar frente à sede de um dos movimentos do não que tinha umas meninas, ainda muito longe de saberem o que é a maternidade, à porta.
Só para que uma delas me viesse impingir o raio do panfleto.
E só para lhe responder apontando para a minha barriga "Não obrigada, aqui mando eu".

2 comentários:

Kitty disse...

Também fiz isso há dias no Chiado! Inclusivé vi crianças a distribuir folhetos! Enfim...

princesa das estrelas disse...

Foi exactamente onde eu as vi, miúdas mal acabadas de entrar na adolescência. Deviam ter vergonha. Não elas, mas os pais.